Notícias

29 de julho de 2016

CARTA AOS FORMADORES, JULHO/2016

Caríssimos irmãos e irmãs, servos do Senhor no Ministério de Formação da RCCBRASIL, graça e Paz!

Quando nos colocamos em oração, Deus, que é comunicativo, sempre nos revela aquilo que muitas vezes não conseguimos enxergar com nossos olhos humanos frágeis e limitados. No 1º domingo de cada mês, portanto, além de mantermos despertada a memória de Deus mediante a nossa intercessão pelo Ministério de Formação da RCCBRASIL, conseguimos escutar as orientações divinas para a continuidade de nossa missão. Algumas palavras-chave saltaram aos nossos olhos em nossa escuta profética do mês de julho/2016:

1)      Deus está cuidando dos Formadores – às vezes, no ardor da missão, vamos nos machucando, nos desiludindo e até mesmo esmorecendo. Neste mês de julho o Senhor nos diz assim: “Coloco cada um de vós no meu Coração”. Este é um ato de profundo amor para com todos os formadores. Deixemo-nos cuidar pelo Senhor, confiemos a Ele as feridas da caminhada na certeza de que somente Ele tem o remédio necessário. Não guardemos as dores, os inconformismos, os maus sentimentos, os rancores, o marasmo, a indiferença, o desânimo; ao contrário, mergulhemos no Coração de Deus para sairmos de lá pessoas renovadas, curadas, regeneradas. O Senhor nos convida a encostarmo-nos em Seu peito para sentirmos Seu Coração bater de amor por nós; convida-nos ao essencial que é estarmos como discípulos sempre aos Seus pés; independentemente do que estiver acontecendo devemos olhar fixamente para Jesus, não obstante as tempestades no mar, Ele está no barco e isso basta. O Senhor quer nos revigorar! Peçamos, pois, uma poderosa efusão do Espírito Santo que nos revigore, que revigore nossas forças, que fortaleça nossos pés e joelhos para sermos missionários-formadores incansáveis no cumprimento de nossa vocação. Precisamos permanecer Nele, plantados à beira das águas. Sobre esta palavra-chave meditemos durante este mês em Oseias 11,8-11.


2)      Não parar diante dos obstáculos e dificuldades – todo aquele que se põe a realizar a vontade do Senhor sempre encontrará obstáculos e dificuldades de todas as ordens (pessoais, comunitárias, resistências, preconceitos, incompreensão). Como pessoas de fé, como discípulos-missionários de Jesus Cristo, como pessoas batizadas no Espírito Santo, qual deve ser a nossa atitude diante de tais obstáculos? Não esmorecer, aguentar firmes, deixarmo-nos guiar por Ele para desviarmos ou superarmos os obstáculos, ir à Nascente das Águas que é Jesus e beber gratuitamente da água viva. Acerca desta palavra-chave meditemos sobre o Salmo 67,7-11.


3)      Há uma missão ainda mais arrojada à frente – Assim diz o Senhor: “Permanecei sob minha sombra, pois terras novas temos para adentrar”. Além disso, em discernimento sobre a Palavra de João 8, 1-8 o Senhor nos revela que Ele mesmo fará brotar do terreno seco belíssimos frutos. O Senhor está nos preparando e fortalecendo para um tempo ainda mais forte na missão de resgatarmos nosso povo da ignorância, pois o povo se perde por falta de conhecimento. A formação é para todos, ninguém deve ser excluído de nosso campo missionário. Portanto, acerca desta palavra-chave meditemos neste mês sobre João 8,1-8.


4)      Formadores convocados à santidade – para nos mantermos revigorados e de pé é necessário renovar o nosso compromisso, o nosso firme propósito com uma vida de santidade. Neste mês de julho o Senhor vem nos exortar sobre o perigo da dupla realidade de vida, pessoas que servem a Deus, mas vivem uma vida velha. A exemplo do que nos inspira o Salmo 67, 7-11, ponhamos nossas delícias na Lei do Senhor, esmeremo-nos por espalhar o perfume da santidade de Cristo aonde formos, para quem ensinarmos. Caminhemos em humildade, em sabedoria, em prudência e em vigilância contínua, de modo que o Senhor nos encontre preparados. O Senhor nos exorta, pois a reformarmos nosso procedimento e maneira de agir para que sejamos agradáveis a Ele. Sobre esta palavra-chave meditemos em Jr. 7,2-7.


Como fruto de escuta profética de muitos formadores durante o 1º domingo do mês de julho/2016, não temos dúvidas de que esta é a vontade do Senhor a nosso respeito não somente para este mês, mas para a nossa vida. Que nos deixemos revigorar pelo poder do Espírito Santo para, guiados pelo Senhor, superarmos todos os obstáculos e dificuldades, lançando-nos à novidade do chamado missionário que Deus nos faz de acordo com nossa vocação, tendo como “cartão de visitas” não a nossa eloquência, conhecimento humano ou aparência, mas o rosto e o perfume da santidade. Esta é a melhor maneira de evangelizar!



Vinícius Simões
Membro do Núcleo Nacional do MF RCCBRASIL



 
Copyright © 2017 RCCSERGIPE - Renovação Carismática Católica de Sergipe.