Notícias

23 de dezembro de 2011


Arquidiocese de Aracaju
Divulgação da programação da chegada dos símbolos da jornada da juventude e o Bote Fé
O Arcebispo Dom José Palmeira Lessa, juntamente com o Assessor do Setor Juventude da Arquidiocese e representante do programa Nacional Caixa de Ferramentas (PNCF) da CNBB, Ricardo Chagas, concederam entrevista coletiva à imprensa para apresentarem a programação da chegada da Cruz Peregrina e do Ícone de Nossa Senhora, que são os símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

Os símbolos chegarão a Sergipe no dia 3 de janeiro, passando pelas Dioceses de Estância e Propriá e nos dias 5 a 7 de janeiro, estarão na Arquidiocese de Aracaju, iniciando a programação pela cidade de São Domingos, onde será acolhida às 9 horas, depois seguirá para a cidade de Itabaiana, onde terá uma programação do Vicariato, durante toda tarde; seguindo para a cidade de Nossa Senhora das Dores, com previsão de chagada para às 19 horas.

No dia 6, os símbolos vão passar, às 9 horas, pelo complexo penitenciário de São Cristóvão; às 13 horas, estará no Bairro Santa Maria, às 17 horas no projeto Casa do Menor  e segue para a cidade de Nossa Senhora do Socorro, para a programação do Vicariato São Marco do setor Norte-Oeste.

O último dia da programação, 7 de janeiro, será intensa na Catedral Metropolitana: às 9 horas, momento com o Bispo; 11 horas, Exposição dos Ícones, 14 horas, Celebração Eucarística e às 15h30, saída da Cruz e do ícone de Nossa Senhora para o grande show Bote Fé, na 13 de Julho, em Aracaju.

Dom José Lessa fez um relato histórico da Jornada Mundial da Juventude, que surgiu desde 1984, ressaltando o grande impulsionador, que foi o Papa João Paulo II. O Arcebispo lembrou as palavras de João Paulo II, sobre o que ele disse naquela ocasião: "Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção".

Dom José Lessa explicou sobre a Jornada: “A JMJ é uma semana de eventos da Igreja Católica que ocorre a cada três anos, planejada para reunir jovens oriundos de todo o planeta visando celebrar e aprender sobre a fé e construir laços de amizade e esperança entre continentes, povos e culturas, que em 2013m será no rio de Janeiro”.

O presidente do Setor Juventude da Arquidiocese, Anderson Menezes, falou do objetivo da acolhida dos símbolos da jornada. “Acolher a Cruz Peregrina de forma calorosa, com manifestações que deixem um sinal na opinião pública e que despertem, desde logo, um grande interesse pela Jornada de 2013, no Rio de Janeiro. Este evento quer reforçar entre os católicos a importância da evangelização da juventude.” Afirmou Anderson.

O Padre Geofredes Alves discorreu sobre o evento Bote Fé, que será o grande show de encerramento, informando que terá um trio elétrico para a peregrinação da Cruz e do ícone de Nossa Senhora, da Catedral  até o local do Show, com cantores e bandas católicas. Padre Geiofredes também explicou que após esse evento várias atividades vão continuar acontecendo: “Após a realização do Bote Fé, queremos realizar atividades lúdicas  com os jovens tais como: formações, via-sacra, shows de evangelização, peregrinação, celebração eucarística,promover a cultura Sergipana entre outras.

Também presente na coletiva o consultor Educacional da CNBB para o Programa Nacional Caixa de Ferramentas, Ricardo Chagas, explanou sobre o projeto, que é uma forma de dialogar com a juventude através das novas tecnologias, que estará presente, nestes eventos da Jornada e nas atividades relacionadas com a juventude, não só com evento mais com indicativos aos poderes públicos para a efetivação de políticas públicas para os jovens.

O programa foi elaborado com base em estudos desenvolvidos ao longo de dez anos pelo Consultor e que vem aperfeiçoando o método, por intermédio da realização de apresentações em todo o Brasil. Ele enfatizou que “este conceito foi desenvolvido junto à juventude utilizando os meios de comunicação e entretenimento. O PNCF faz uso das diversas mídias para filtrar todas as informações absorvidas por adolescentes e jovens no decorrer de seu desenvolvimento e transformá-las em atitudes de cidadania e responsabilidade, mudando conceitos, comportamentos e valores para com a família, a sociedade e o meio ambiente”.


Texto: Edmilson Brito
Id. 2123 (Edmilson Brito)Id. 2124 (Edmilson Brito)Id. 2125 (Edmilson Brito)
 
Copyright © 2017 RCCSERGIPE - Renovação Carismática Católica de Sergipe.